What is your language?

Bornes relacionados com Miniaturas

Buscando...?

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

ho, ho, ho... (e no final um he, he, he...)

há dois dias atrás recebi um presente. um livro de dhamma de um dos mestres bikkhus que mais importância tem na minha caminhada buddhista.
penso ser o livro de dhamma mais interessante que eu já encontrei. towards calm and insight - some pratical hints, é um extrato das anotações do diário pessoal do autor, o venerável katukurunde ñāṇananda, e é de forma sublime a expressão do seu pensamento. 
o mestre, além das habituais explanações brilhantes, brinca com as palavras, as distorce e estica de forma a levá-las, quase poeticamente, (não, não pense em cantos de passarinho ou sons de cachoeiras, não há nada disso lá!) aos limites de significações. é uma obra pedagógica-dhammaliterária, permitindo-me o abuso.
a abordagem do venerável ñāṇananda em seus vários livros toca sempre na questão capital do Buddhadhamma, na necessidade de nos desfazermos da dependência do engendramento, de compreendermos o papel fundamental que o não penetrar na natureza composta e condicionada da realidade tem no nosso sofrimento. este penetrar passa, no nível mais superficial, o intelectual, pela observação das limitações dos conceitos e/ou palavras. daí este livro ser tão interessante, porque é a impressão deste modo de pensar a realidade, esta capacidade ou busca por ir além daquilo que se apresenta à mente sem ter que recorrer a metafisicismos ou mistérios, mas sim pelo uso e desgaste, pela própria imperfeição do que se apresenta, do possível e factível. é a fricção dos gravetos a gerar o calor que os consome. algo como uma koanização da vida.
este livro está disponível aqui em inglês e vira e mexe me atrevo a traduzir algumas passagens aqui e aqui. é uma obra que leio e releio constantemente. aí você pode perguntar: mas por que você ganhou o livro impresso quando ele está disponível gratuitamente na rede? aí eu respondo que, embora eu não goste disso, de me gabar e tal, mas você perguntou... na rede ele não pode ser autografado pelo autor como é o que eu tenho em mãos.
Postar um comentário

Speech by ReadSpeaker