What is your language?

Bornes relacionados com Miniaturas

Buscando...?

quarta-feira, 16 de abril de 2014

condenados

a gente que pensa na morte diariamente, algumas vezes ao dia até, que se vê cadáver, que se vê apodrecendo, dissolvendo, mal cheirando, acabando. a gente ainda se choca quando um colega, de mais de década, a quem se encontra todo dia, leva duas facadas e morre na calçada quando saía para o trabalho. 
nosso ônibus passa, ele não entra e eu nem percebo. horas depois fico sabendo que não havia mais ele já naquele momento. assassinado, estupidamente, sabe-se lá por que migalha.
o tipo de choque que nos insere, de olhos arregalados, na realidade sobre a qual sabemos, pensamos e opinamos. e ignoramos. 
e começam os comentários cujo efeito em nossa mente confirma o ensinamento: ignorância nutre ignorância. basicamente: "tem que ter pena de morte nesse país!". sedutor o poder da estupidez, a gente quase concorda. como se assassinos brotassem do chão, espontaneamente, do nada, para matar nossos queridos. como se não fossem pessoas, condicionadas como nós, um flash de consciência entre trevas, superalimentada por anseio e medo.
sedutora ignorância obcecada em condenar à morte a nos manter cegos para nossa condenação à vida.
Postar um comentário

Speech by ReadSpeaker